• PAJMT
    v. 5 (2018)

    Nesta edição, a ABRATERM, representada por Marcos Brioschi, Luciane Balbinot e Carlos Dalmaso Neto, apresentam os Nívei de treinamento em Termografia para Profissionais da Saúde. No editorial são delimitados os objetivos e características de cada nível pelo qual um termologista deverá passar.

     Esta edição conta com 3 artigos inéditos, sendo Associação entre a Dor Autorrelatada e a Hiper-radiação em Pacientes com Fibromialgia, Termografia como método para auxilio diagnóstico do câncer de tireoideAvaliação termográfica e as queixas álgicas dos atletas de natação de um complexo aquático

    A AAT/ABRATERM publica nesta edição a revisão dos Guidelines for Dental-Oral And Systemic Health Infrared Thermography.

    Esta edição conta também com o relato de caso Estudo de Úlcera de Pressão por meio de Termografia em Paciente Acamado com Esclerose Múltipla, na qual os autores apresentam um caso de análise de úlcera de pressão por termografia, e também o artigo de opinião de David Medina, com o título Uso psicofisiológico da câmera térmica infravermelha de baixo custo como ferramenta clínica para avaliação do funcionamento afetivo autonômico

  • PAJMT
    v. 4 (2017)

    A Pan American Journal of Medical Thermology traz a sua nova edição.

    Começando pelo Editorial produzido pelo Prof Eduardo Borba Neves, editor da PAJMT, lançando a discussão sobre o uso de aparelhos de baixo custo.

    O primeiro artigo “Imagem infravermelha no diagnóstico das doenças nos pés”, por Claudia Maria Duarte de Sá Guimarães e cols, explica a técnica de registro de imagens infravermelhas dos pés como método de avaliação neurovascular para identificar comorbidades usando um método não invasivo. Levando em consideração a possível detecção precoce de alterações vasculares, ortopédicas e neurológicas numa fase que são passíveis de tratamento, a imagem infravermelha pode trazer muitos benefícios, favorecendo a prevenção de uma evolução desfavorável ou, até mesmo, complicações tardias.

    Catia Terezinha Heimbecher e Leandra Ulbricht apresentam "Termografia aplicada ao Fenômeno de Raynaud: Artigo de Revisão Bibliométrica”, que identifica protocolos para verificar os que tiveram resultados positivos na detecção do Fenômeno de Raynaud e identificar os pontos em comum entre eles. Estes são apresentados, considerando ser um instrumento seguro e confiável na aplicação, com resultados passíveis de detectar o F.R., se adotados certos critérios mencionados por elas.

    Finalizam a revista dois relatos de caso. O primeiro escrito por David Alberto Rodríguez Medina e cols. abordando a Atividade térmica nasal durante expressão facial voluntária em paciente com dor crônica e alexitimia; e o segundo por Claudia Maria Duarte de Sá Guimarães e cols, sobre Neuropatia de Fibras Finas em um caso de Artrite Psoriásica.

  • PAJMT
    v. 3 (2016)

    O presidente da ABRATERM, Dr Marcos Brioschi e demais membros da diretoria, abrem a revista com um tema super importante sobre responsabilidade profissional e publicidade em termografia, destacando a formação adequada do profissional.

    A termografia é um meio promissor na avaliação do risco de diversas doenças como AVC, infarto do miocárdio e câncer de mama. Esta edição traz três artigos originais no campo da medicina preventiva com termografia, entre eles o "Estudo da temperatura emitida da face de trabalhadores assintomáticos por termografia médica", com levantamento de dados de referência de valores térmicos normais na avaliação dos ramos terminais da carótida na face. Mais um artigo da série de estudos do Dr Edmar Santos: "Infrared Thermography and Flow Mediated Dilation Measure by Ultrasound as Predictors of Cardiovascular Risk", mostrando a associação entre o Escore de Risco Global/Framingham e a Termografia; e "Diagnóstico precoce de Câncer de Mama não tem Clínica: Estudo combinado por Termografia", falando do uso de Termografia combinada a clínica e outros métodos diagnósticos como a ultrassonografia tríplice, na abordagem semiotécnica de mulheres jovens e com mamas densas.

    Na série de publicações da American Academy of Thermology, o Prof Robert Glenn Schwartz, Presidente do Conselho da AAT, faz a análise sobre o equilíbrio térmico pré-exame e de um dos métodos mais comumente empregados na termografia: o cold stress test em várias situações clínicas.

    E fechando esta edição um Relato de Caso do México do Prof David Alberto Rodriguez Medina e cols. descrevendo os fenômenos psicofisiológicos da termografia de face durante técnica de relaxamento em um paciente masculino de 61 anos com osteoartrite.