COMUNICADO ABRATERM – Cursos de professores em anonimato

COMUNICADO ABRATERM – Cursos de professores em anonimato

A Associação Brasileira de Termologia (ABRATERM) não apoia cursos de professores em anonimato, isto é, sem informar quem está ministrando, utilizando o nome da instituição FMUSP para se promover e realizar eventos estritamente comercial para venda de aparelhos. Isto tem induzido alunos a fazerem curso se confundindo com a Especialização em Termologia Médica FMUSP reconhecida pela ABRATERM.

O curso de termografia e ozônio que está sendo divulgado NÃO É COM DR MARCOS BRIOSCHI. Tanto a FMUSP quanto Associação Brasileira de Termologia ABRATERM não estão endossando oficialmente este curso. Além disto a FMUSP alerta para não utilizar o nome da instituição sem devido vinculo do professor ou autorização da mesma. Este curso está como professor ANÔNIMO, pois se trata de um evento de venda de câmeras por uma empresa comercial que está utilizando o nome da FMUSP. E ainda dando a entender que é uma atitude legal pelo fato de utilizar uma associação de profissionais que utilizam a técnica e pelo fato de ser pelo MEC.

Chamamos atenção aos alunos interessados em termografia que verifiquem sempre se os cursos oferecidos tem selo ABRATERM e a fonte de quem são os professores que dão treinamento, se tem formação universitária na área, especialização em instituição reconhecida, título pela ABRATERM e nível 4 em termologia.