Stem Cells For The Treatment of Complex Regional Pain Syndrome (CRPS)/ Reflex Sympathetic Dystrophy (RSD): a case study

  • Robert G. Schwartz Piedmont Physical Medicine & Rehabilitation, PA

Resumo

Recentemente, a literatura publicou inúmeros artigos sobre o potencial das células- tronco. Mas hoje na prática clínica a indicação mais comum é na redução do espaço intra- articular provocada pela osteoartrite apesar de vários outros benefícios, como angiogênese e regeneração de nervos periféricos também têm sido documentadas. Este é o relato de caso de um paciente com distrofia simpático-reflexa (DSR) estágio 3 que sofriam de alterações cutâneas crônicas pós fratura. Foi realizado estudo termográfico com teste ao estímulo frio de acordo com as orientações da Academia Americana de Termologia para Avaliação Neuromusculoesquelética para estabelecer a distribuição das mudanças vasomotoras depois da utilização autóloga de células-tronco adultas colhidas e implantadas na panturrilha. Em algumas semanas a alodínia e as alterações tróficas melhoraram dramaticamente. O autor concluiu que o enxerto com células tronco é uma alternativa viável para o tratamento da DSR e que o estudo termográfico com teste ao estímulo frio é um meio valioso para auxiliar definir o tipo e distribuição da instabilidade vasomotora.

Publicado
Fev 26, 2015
Como Citar
SCHWARTZ, Robert G.. Stem Cells For The Treatment of Complex Regional Pain Syndrome (CRPS)/ Reflex Sympathetic Dystrophy (RSD): a case study. Pan American Journal of Medical Thermology, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 89-92, fev. 2015. ISSN 2358-4696. Disponível em: <http://www.abraterm.com.br/revista/index.php/PAJTM/article/view/17>. Acesso em: 17 dez. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.18073/2358-4696/pajmt.v1n2p89-92.
Seção
Artigos