Análise da simetria térmica em atletas de natação de alto rendimento

  • Cristiane Mara de Rezende Centro Universitário Claretiano, Unidade Belo Horizonte
  • Alisson Gomes Silva Escola Preparatória de Cadetes do Ar; Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física, Departamento de Educação Física, Universidade Federal de Viçosa
  • Samuel Gonçalves de Almeida Encarnação Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física, Departamento de Educação Física, Universidade Federal de Viçosa
  • Miguel Araújo Carneiro Júnior
  • João Carlos Bouzas Marins

Resumo

Resumo — Este estudo analisou o perfil de simetria térmica de membros superiores e inferiores de nadadores de elite. Foram obtidos termogramas de 27 nadadores, sendo nove mulheres (idade: 18.0 ± 1.0 anos, massa corporal: 58.9 ± 5.4 kg, estatura: 168.0 ± 2.1 cm) e 18 homens (idade: 19.5 ± 1.2 anos, massa corporal: 73.7 ± 6.3 kg, estatura: 174.6 ± 6.8 cm). A temperatura irradiada da pele (TIP) foi mensurada nas mãos, antebraços, braços, coxas, pernas e ombros. O teste T independente indicou similaridade térmica entre os lados direito e esquerdo em todas regiões corporais analisadas (p > 0.05), tanto em homens quanto em mulheres. As diferenças térmicas bilaterais médias foram consideradas clinicamente aceitáveis em todas regiões corporais (≤ 0.49 °C), com tamanhos de efeito variando entre insignificante e pequeno. Em conclusão, nadadores de alto rendimento apresentaram simetria térmica contralateral nos membros superiores e inferiores, sugerindo uma avaliação termográfica normal indicativa de ausência de lesão.


 

Como Citar
REZENDE, Cristiane Mara de et al. Análise da simetria térmica em atletas de natação de alto rendimento. Pan American Journal of Medical Thermology, [S.l.], v. 6, p. 21-29, out. 2021. ISSN 2358-4696. Disponível em: <http://www.abraterm.com.br/revista/index.php/PAJMT/article/view/97>. Acesso em: 26 out. 2021.
Seção
Artigos